4 Motivos para medir a velocidade da internet

Utilizar a internet é algo corriqueiro e que faz parte do cotidiano de boa parte dos brasileiros. Seja para trabalho, pesquisa ou estudos, o importante é que ela esteja funcionando bem, para que você evite futuros problemas. Mas será que você como usuário, tem o hábito de fazer sua medição diária? Se não tem, comece a reservar um tempinho para essa tarefa. Ela te ajudará e muito. Quer saber como? Confira quais as principais vantagens ao aderir um medidor de internet:

Economia na Fatura

Sabia que medir a velocidade da sua conexão com determinada frequência pode te ajudar a economizar? Você deve estar se pensando: Mas como? Isso porque de acordo com a Anatel, todas as provedoras de internet são obrigadas a oferecerem, no mínimo, 80% da velocidade contratada pelo cliente no mês todo. Se no resultado do teste, esse valor for inferior, você tem direito a descontos significativos. E aí, vai deixar passar? O ideal é que você faça a medição pelo menos a cada duas horas, em horários de picos e em horários mais tranquilos. Assim fica mais fácil de obter um parâmetro com diferentes níveis de tráfego de dados.

Mais tranquilidade

De repente, o fim de semana chega e você quer assistir àquele filme na Netflix, mas a velocidade de conexão não está colaborando, e agora? O que fazer? Ao fazer o seu teste, terá certeza de que o download e o upload estão de acordo com o que foi firmado no contrato entre você e a operadora. Posteriormente, caso o resultado seja inferior, você pode entrar em contato com a empresa de internet e até mesmo com a Anatel e o Procon se for o caso. Não deixe esse hábito de lado. Ele é muito importante na hora de exigir seus direitos.

Conhecer seu plano de internet

Pode ser que você tenha contratado um plano que nem é tão adequado às suas necessidades diárias, já pensou nisso? Fazendo seu teste com frequência você terá essa resposta. Um exemplo: Se três ou mais dispositivos estiverem conectados na rede, e sua velocidade for baixa, podem ocorrer travamentos, queda de sinal e lentidão no carregamento dos sites, fatos que causam aquele transtorno em família. Outro quesito importante é avaliar a finalidade e a utilidade: Se você baixa muitos filmes e arquivos pesados, repense, talvez seja hora de contratar um pacote com mais MB.

Motivos para medir a velocidade da internet

 

 

 

 

Comodidade

Ninguém merece ter que ficar ligando para o suporte técnico todas as vezes que acontece algum problema, não é mesmo? Ao utilizar um bom medidor de internet, você tem a garantia em saber se a falha é causada pela lentidão de conexão. Mantenha o hábito de realizar o seu teste de velocidade, no mínimo, três vezes por dia, ou sempre que desconfiar que sua navegabilidade está abaixo do contratado por você.

Agora já sabe como fazer seu teste! Basta encontrar um bom medidor de internet e começar a praticar. É simples, rápido, fácil e gratuito. Não perca seu tempo. Faça agora mesmo seu teste de conexão.

Dica para o Exame Nacional do Ensino Médio – ENEM 2018

Dica para o Exame Nacional do Ensino Médio – ENEM 2018

Teste do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem 2018). Eu passei rapidamente, não passei? A maioria dos candidatos começou a estudar lá no começo do ano. Mas, como sempre, há uma aula que começará a preparação agora. Você ainda tem tempo para se dedicar e fornecer um bom resultado – especialmente para aqueles que querem um curso menos lotado.

enem 2018
enem 2018

Pensando em ajudar quem deixou tudo na última hora, foi conversado com os professores e coordenadores dos três cursos para saber: já que ele não vai dar tempo para aprender tudo que pode cair, o que deveria ser uma prioridade? E, como resta muito pouco tempo, o que deve ser feito para que o estudo funcione bem até 4 de novembro, o dia da primeira avaliação?

Principal dica para o ENEM 2018

Uma das principais dicas, referida por todos os entrevistados, é treinar, realizando exercícios a partir de testes de anos anteriores. Assim, o candidato aprenderá o estilo de avaliação, como fazer perguntas e como as respostas são registradas.

“Em alternativas, na maioria das vezes não há informações incorretas, então a pergunta deve ser respondida de acordo com o texto motivador e a declaração”, diz Celio Tasinato, um professor universitário e um curso de seminário estudantil.

Também é muito importante que o candidato saiba qual curso irá competir, porque o peso das perguntas varia dependendo da área escolhida. “Se um estudante quiser fazer jornalismo ou literatura, por exemplo, seu conhecimento de linguagem e escrita provavelmente custará mais ao calcular a média”, diz Ana Paula Dibburn, coordenadora do Curso Maximize.

No Enem, o número total de ocorrências no modelo é diferente da nota de resumo. A teoria da resposta à pergunta (TRI), usada na correção, não beneficia aqueles que surpreendem apenas os problemas mais difíceis. Portanto, recomenda-se que o candidato “pule”, exercícios considerados mais espinhosos e aqueles dedicados àqueles que ele entende sejam mais silenciosos.

“Então você tem agilidade para ler todo o teste, e se precisar chutar, vai passar todo o teste”, explica Vinicius de Carvalho Haydar, coordenador do curso Poliedro. Ele observou que o planejamento semanal, que determinará o que você fará todos os dias, também é muito importante.

“Quando um aluno tem dificuldades com uma semana, ele pode fazer o planejamento diário, o que vou fazer hoje? Quantos exercícios vou resolver? “São pequenos objetivos que estão sendo alcançados”, diz Vinicius.

Veja abaixo três listas com o que mais foi apresentado ao Enem nos últimos anos.

  • O primeiro deles foi desenvolvido pelo poliedro do curso e contém uma porcentagem que representa quanto este conteúdo caiu nas últimas 5 edições do Enem;
  • A segunda lista foi desenvolvida pelos professores do Seminário de Estudantes e contém dicas para o ensino;
  • A terceira lista é de cursos gratuitos, e ele dá um resumo do que mais foi apresentado ao Enem nos últimos anos.
estudar pro enem
estudar pro Enem